Páginas

sábado, 15 de outubro de 2016

Bruno Rocha tem suspeita de ruptura no ligamento e só volta em 2017

Infelizmente, o futebol americano por ser uma modalidade de colisão possui, assim como qualquer esporte, as indesejadas lesões. O último notável a entrar para a lista de machucados foi o linebacker do Nova Friburgo Yetis, Bruno Rocha. No domingo (9), pela sexta rodada da LiFFA, o jogador sofreu um bloqueio na altura dos joelhos e como sua perna estava totalmente esticada, a dor veio.
Bruno com a perna esticada recebendo o bloqueio na perna

A suspeita é que Bruno tenha sofrido uma ruptura do ligamento cruzado anterior da perna esquerda, enquanto isso, o atleta aguarda em repouso enquanto seu joelho que está desinchando, pelo menos até a quarta-feira (19). Rocha pode começar a avaliação da contusão a partir desta data. Caso seja confirmada a ruptura ou algo semelhante, o defensor fica fora de combate entre seis meses e um ano.

Para o linebacker, é difícil descrever esse momento, mas agora é hora de pensar na vida:

Bruno após big hit vs Rockers (foto: Facebook)
"Pra ser sincero, não sei nem descrever sobre (a lesão). É um risco que todos corremos, mas sempre achamos que nunca vai acontecer conosco. No momento, estava com vários projetos para readquirir minha forma física, que não passou nem perto da minha melhor nessa temporada. (...) E a lesão nos faz pensar em muita coisa. Estou tirando esse tempo para pensar sobre tudo na minha vida." - avaliou o atleta.

Bruno começou a carreira no Rio das Ostras Warriors, se tornou conhecido por sua boa temporada de 2014 no Nova Friburgo Yetis. Em 2015, Rocha teve um ano mágico, onde foi campeão no Macaé Oilers como coordenador defensivo e linebacker selecionado para a seleção do campeonato. Em 2016, como o próprio diz, ele voltou para Nova Friburgo, onde é feliz.