Páginas

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Volta Redonda sua e vence o Blaze F.A de virada

Diferente de tudo que se imaginava para essa partida, o Blaze F.A abriu 12 a zero, mas sucumbiu e perdeu por 21 a 16 para os Falcons, em Volta Redonda, pelo Wild Card dos Playoffs da LiFFA, nesse domingo (8). Agora, o time do Sul Fluminense viaja para Niterói, onde enfrentam os Federals, no dia 15 de novembro.
Duelo na scrimmage no Wild Card (foto:Atila Indalecio)
Com um ataque terrestre imparável e uma defesa forte, o Blaze abriu 12 a zero no placar, surpreendendo às expectativas. Mas ai a organização dos Falcons e um Playbook extenso começaram a surtir efeito e o elenco da 'Cidade do Aço' marcou dois touchdowns. Seria um 12 a 12, mas o Blaze F.A com o DE 'Shakilla' forçou dois safeties e o placar ficou em 16 a 12. No último período, de forma heroica, dramática e com a gota de emoção que o futebol americano proporciona, o WR Lucas Fonsenca improvisado como quaterback soltou o braço para o WR Iago Zerbone derrotar o CB Sherman e virar o marcador - sem extra point; o K Willy fechou o placar com um field goal no meio do 'Y'.

'Paguem' os fundadores: 

A expressão 'Paguem os fulanos' se deu quando os árbitros da NFL entraram em greve e 'zebras' amadoras assumiram, isso em 2012. Em uma das primeiras rodadas, um erro de arbitragem escandaloso fez com que a NFL pagasse os árbitros e a qualidade voltou. O que tiramos disso: tragam Bruno Monção, Diego Soares, Fábio Yaegashi e Douglas 'Cachorro Louco' de volta.

Os Falcons são um ótimo time, só que sem esses quatro fica difícil. Felipe Santos não convenceu como titular e alternou snaps com o WR Lucas Fonseca - primeiro jogo na posição. Com Monção seria mais fácil, pois ele tem a habilidade com as pernas e é imprevisível; Diego Soares era uma grande opção pelo chão e em rotas curtas, sem falar que os corredores de Volta Redonda sofreram dois fumbles bobos; Fábio Yaegashi foi substituído por Márvio na posição de tight end. Ai está a principal diferença, pois com o 'Japa' havia a bola de segurança, a confiança naquele que, possivelmente, é Top 2 TE da Liga. Nada contra Márvio, até fez TD, mas só teve dois passes em sua direção na partida; Douglas 'Cachorro Louco' é uma peça de motivação e quando plantava do lado esquerdo da linha castigava. Ia deixar o trabalho pra DL muito mais fácil, pois ele chama atenção.

Eu não quero saber se vão ficar chateados comigo, mas deem um jeito, pois com o elenco e a postura que VR teve nesse domingo, os Federals vencem com sobra.

Análise:

Volta Redonda Falcons (1-0 nos Playoffs):

Cravei o QB Felipe Santos como a principal peça de destaque dos Playoffs no meu Guia Básico da pós-temporada da LiFFA, só que ele não fez metade. Não sei se era contusão ou nervosismo. De fato, ele não produziu. Lucas Fonseca foi para trás do center e até fez uma boa partida. Seu rollouts mataram em duas oportunidades - mérito da OL que vendeu muito bem a ideia terrestre. 

Pelo chão, quem teve o melhor desempenho foi o RB Guilherme Sargento, com muitos snaps. Ele teve ótimas corridas, grandes avanços pelo centro da linha e lado esquerdo, principalmente. Só que sofreu um fumble que poderia ter comprometido a passagem para Niterói. Nota seis para ele. Precisa ter mais segurança com a 'azeitona' debaixo do braço.

Quem é decisivo aparece na 'hora H'. O WR Iago Zerbone teve um jogo apagado em dois dos quatro períodos, aparecendo no primeiro com dois screen passes que derrotaram a secundária e garantiram o ataque em campo e o TD pra ganhar o jogo, esse no último quarto. Esse sim, um lance de quem é craque. Foi ótimo; O TE Márvio fez um TD, mas não convenceu, até por ter um estilo mais lento do que o de Yaegashi; Carlos Leal, como eu queria ver, foi bem, posicionou o ataque em linha de uma jarda, além de fazer recepção impossível, craque; Arthur Barcelos só vi em campo por causa do cabelo legal.

Na OL, o LT Guilherme Paiva foi pífio, trágico e decepcionante. Toda hora o DE 'Cunhado' - que teve um baita jogo - fazia o spin em cima do camisa 65 e isso obrigou os quarterback a chamarem seus RBs para auxiliar no bloqueio. Com a entrada do LT 'Amendoim' a situação melhorou um pouco; destaco o C Igor Reis - segundo melhor da LiFFA, pra mim - que teve ótimos snaps, abriu muitas corridas pelo meio e me agradou. 

No outro lado da linha gostei do DT Rodolfo Barreto e do DE 'Sombra', principalmente. Contei pelo menos quatro tackles para perda de jardas do defensive end, mas quando era o RB 'Formiga', com Michel Sodré a história era outra.

Os LBs me agradam: gosto muito do trio Kadu Estevão, Vitor Leal e Iago Reis. Kadu teve alguns tackles para perda de jardas e jogou a maior parte do tempo aberto, salvo o engano. Com o box lotado com oito atletas, ele era o cara das corridas por fora, matando todas; Vitor Leal teve um jogo de mais faltas do que sucessos, só que na hora que o Blaze tinha a chance de virar o jogo, o camisa 90 desviu o passe que deu a interceptação para o CB 'Cabeça'; Iago foi mais discreto.

A secundária é muito mais complicada de analisar pois não tiveram muitos passes e quando aconteceram os LBs mataram rápido. Mas destaco o CB 'Cabeça' com interceptação no fim do jogo após fazer quatro holdings seguidos em recepções de punt. 

Na imaturidade e menosprezo do adversário, eu destaco a pataquada que o S Jeferson Abrahão fez no retorno de kickoff, vamos ao lance: retorno de kickoff, o retornador chega quase ao meio de campo e vai de sideline à sideline tentando achar um buraco que não se abre. O camisa 29 começa a correr pra traz em uma linha tênue entre a provocação e a falta de maturidade esportiva, ai o tackle foi feito na linha de 2 jardas do campo de defesa. Resultado dessa bobagem: safety na jogada seguinte.

Blaze F.A (0-1 nos Playoffs):

Antes de começar essa análise do Blaze, creio que devo, como crítico, parabenizar a raça, entrega, vontade, além de nunca desistir. Os cariocas tiveram um baita jogo. Quase levaram, mas algumas coisas pesaram. Espero que o time evolua e que os atletas compareçam mais ao treino, assim dá pra vencer de verdade. Hoje, o esporte exige empenho em dedicação que sobra em campo e falta fora. Mas o Blaze é o que? Grosseiro!

Então, com o Diego Derel não dá. Até quando teve tempo ele foi mal. Não é o QB pro futuro do time da Zona Oeste. Ele tem porte pra fazer uma transição pra Slot Receiver, mas quaterback é difícil. 

Pelo chão...Aaaah, pelo chão! Ergam uma estátua de Michel Sodré em Bangu! Coloquem seu rosto em um panfleto e levem-no em carro aberto de casa para o trabalho e vice-versa. Esse homem é a personificação de raça. Quando falei que para vencer precisariam de '42 toques na bola', média de cinco jardas por tentativa e sem turnovers? Então, no começo do duelo ele fez mais de cinco jardas por tentativa, dois touchdowns e nenhum turnover. Pro fim do jogo, ele sofreu um fumble e terminou a partida com umas 35 corridas e 32 delas fazendo o relógio correr mais de sete segundos. Michel é, definitivamente, a revelação desse campeonato.

Sodre rabiscando a defesa dos Falcons (foto: Atila Indalecio)
Pelo ar, não destaco ninguém.

Na linha ofensiva, eu destaco o C Guilherme Faria que fechou bem o meio, não errou snaps - que eu lembre - e ainda teve bons bloqueios. Pede demais a ajuda da arbitragem para 'ficar de olho' em algo, precisa concertar isso e ganhar uns 15 quilos se quiser ser o snapper do Vasco no futuro. Falando no cruzmaltino, o RG 'Bubba' atleta do Patriotas teve um bom jogo nos dois lados da linha, mas faz cada reclamação infundada que dava vontade de rir. Mas é um ótimo atleta e um ser humano de coração bom.

Na DL, destaco as extremidades: os DE 'Cunhado' e 'Shakilla'. O primeiro até podia ser meu desafeto, mas foi muito gentil em me pedir desculpas - assim como esclareci tudo - e seguir a vida. Com bola voando, ele deitou no LT Guilherme Paiva e só não foi melhor que 'Shakilla' por causa dos dois safeties provocados e um fumble recuperado.

Os LBs foram bem, hein?! Jimmy foi bem, fechou os gaps, fez tackles. O camisa 98 que não me recordo o nome teve um bom jogo, muitos tackles e um roughing the passer ridículo. O LB Lyneker que atuou como safety é um caçador de interceptações e catou mais uma com muita habilidade, tá doido! 

Na secundária, queria dizer que o CB Sherman jogou demais. Anulou os recebedores e só tomou um passe nas costas, logo o TD. E o que dizer do HC e S A.J Calixto catando interceptação. Mandou bem!

Curtinhas:

Ejetado:

Olha, eu conheci muita gente maluca no futebol americano, mas o atleta 'KV', do Blaze, se supera. Eu e meus árbitros contamos quatro agressões entre tentativas e consumação dos fatos. Com um soco e um pisão - sem querer ou não -, o jogador foi ejetado por duas condutas antidesportivas.

Esvaziou:

Ainda com arquibancada lotada, acho que esvaziou o número de torcedores nos jogos do Falcons. Antigamente era caldeirão, hoje, há um grupo de esposas e namoradas que gritam muito.

Opinião F.A informa:

Pelo outro jogo do Wild Card, os Oilers bateram o Andorinhas F.A por 22 a 7, em Macaé. O time do Petróleo enfrenta o RJ Islanders, no Rio, dia 15 de novembro.