Páginas

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Os jogos interessantes da primeira LiFFA Full-Pads

O Estadual Full-Pads do Rio de Janeiro vai começar! No próximo dia 26 de junho, em Macaé, Norte Fluminense, o torneio dá a largada para o título inédito. O Macaé Oilers recebe o Botafogo Reptiles, às 14h, no Moacyrzão, com expectativa de casa cheia. Mas, hoje, o Opinião F.A vem aqui mostrar os melhores jogos mais interessantes da fase regular.

A estreia

O duelo entre Oilers e Reptiles é bem mais que uma estreia em um grande estádio. Essa abertura vai mostrar como os atuais campeões se comportam diante de outro time de nível e reconhecimento nacional, além de notarmos como o Botafogo vem para a LiFFA. A promessa é de jogão na Cidade do Petróleo.

Clássico da Serra

Que isso, papai! Que saudade! Após três temporadas de hiato, o clássico entre Teresópolis Rockers e Nova Friburgo Yetis volta a acontecer. A primeira vez que esse jogo aconteceu foi na década passada e o último encontro entre eles foi em 2013, em Friburgo, onde o time da casa venceu em um duelo apertado.

O reencontro está marcado para a segunda rodada, dia 03 de julho, em Teresópolis.

Registro do último clássico entre os times (foto: FB/Yetis)
Reeditando finais

Essa LiFFA será a primeira desde 2014 com todos os campeões presentes: Teresópolis Rockers (2012), Nova Friburgo Yetis (2013), Rio de Janeiro Islanders (2014) e Macaé Oilers (2015).

Então, se liga, pois há duas reedições de finais, as duas com o Macaé Oilers.

Dia 24 de julho, na Ilha do Governador, o RJ Islanders enfrenta os Oilers, possivelmente, no mesmo campo da finalíssima de 2014; e em 09 de outubro será a vez do VR Falcons atravessar o estado buscando reescrever a história contra Macaé, fora de casa.

Patrick Ribeiro levantando a taça no Raulino (foto: Ayanne Carvalho)

Sente saudades de mim?


Edgard atuando pelos Rockers na LiFFA 2014 (foto: divulgação)
E quem conhece a história da LiFFA nos primórdios sabe que o primeiro MVP veio do
Teresópolis Rockers. O QB Edgard Monteiro foi eleito o melhor jogador da temporada de 2012, mas pela primeira vez ele vai encontrar os Gigantes da Serra. Vestindo a camisa do Magé Barões - extinto Andorinhas F.A - desde 2014, será interessante ver a reação do lançador contra o time que o revelou.

O reencontro acontece dia 07 de agosto, em Teresópolis, cidade que Ed morou quase sua vida inteira.

Clássico Carioca Bowl

Vindos do campeonato de futebol americano mais tradicional do Brasil, o Botafogo Reptiles vai até a Ilha do Governador medir forças contra o Rio de Janeiro Islanders, no dia 7 de agosto. Só nesse jogo são nada mais nada menos do que 12 finais disputadas, sendo dez dos Reptiles - incluindo sete títulos e três vices - e dois revés dos Insulanos na partida mais importante das areias cariocas.

Reptiles na época de areia vs Ipanema Tatuís (foto: divulgação)
Clássico da repetitividade

Às vezes a rivalidade não se dá pela proximidade, mas também pelo excesso de encontros entre as equipes. Essa é a história de Nova Friburgo Yetis e Macaé Oilers. O duelo é o que mais aconteceu na história da LiFFA, sendo três vezes em temporada regular e uma vez em pré-temporada. O retrospecto é favorável aos Homens de Gelo que venceram três destes duelos, mas no mais importante, a semifinal de 2014, sucumbiram em casa com uma chuva de sacks da DL macaense.

A história será reescrita dia 28 de agosto, em Nova Friburgo.

Yetis vs Oilers, pela segunda rodada da LiFFA 2014 (foto: Reprodução)
Sem querer, um clássico

Falando em clássico, o Botafogo não possui nenhum rival como Vasco e Flamengo neste campeonato. Espera aí, mais ou menos. No dia 04 de setembro, na capital do estado, os Reptiles recebem o Teresópolis Rockers que está repleto de atletas do Flamengo F.A. Bem ou mal, como diria Chaves: "Sem querer querendo" nós temos um clássico.

Botafogo e Flamengo duelaram na última rodada do Torneio Touchdown em 2015 (foto: Facebook/Reptiles)